Central de Atendimento: presencial

ATENÇÃO!

Os serviços prestados pela Central de Atendimento - presencial - do IPAJM  - seguem suspensos até dia 31/08/2020. A medida está de acordo com a Portaria nº14-R, publicada em 03/08/2020 (Clique aqui para visualizá-la). 

Nos casos dos serviços elencados abaixo, de acordo com a Portaria nº 14-R/2020, a solicitação pode ser feita por agendamento prévio, por meio do teleatendimento (0800-2836640 ou 27 3201-3180), para que compareçam ao Instituto com data e horário marcados para dar entrada na solicitação.

I - Requerimento de pensão por morte, na qualidade de cônjuge, companheiro, filhos menores de 21 anos, menor sob tutela ou enteado menores de 21 anos, filhos maiores inválidos, filhos até 24 anos, se estudante universitário, e pais inválidos;

II - Solicitação de cópias de processo por advogado vinculado ou representantes de classes sindicais;

III - Requerimento de isenção de Imposto de Renda e Imunidade de Contribuição Previdenciária;

IV - Requerimento de declaração para outros regimes;

V - Requerimento de Certidão de Tempo de Contribuição - CTC;

VI - Requerimento de declaração de beneficiários de pensão por morte.

Destaca-se que a comunicação de óbito do segurado ao IPAJM, enquanto perdurar a suspensão de atendimento presencial ao público da Central de Atendimento, deve ser realizada via e-mail (ipajm@ ipajm.es.gov.br), com o envio do formulário de comunicação de falecimento (disponível no link https://ipajm.es.gov.br/comunicacao-de-falecimento) e da certidão de óbito do segurado escaneada.

Dúvidas? 0800-2836640 ou 27 3201-3180.


Horário de funcionamento

A Central de Atendimento do IPAJM funciona das 8 às 18h.

Ordem de atendimento

Ao chegar, deve-se retirar uma senha e aguardar o atendimento. Não há limite de atendimentos/senhas.

Endereço

A Central de Atendimento funciona no seguinte endereço: Avenida Cezar Hilal, nº 1345, Santa Lúcia, Vitória – ES – CEP: 29 056-083. Mais informações devem ser obtidas por meio do telefone 0800 283 6640 e (27) 3201 3180

Atendimento prioritário

  • Deficientes;
  • Idosos (idade igual ou superior a 60 anos);
  • Gestantes;
  • Lactantes;
  • Pessoas acompanhadas por crianças de colo;
  • Obesos.

Conforme Lei nº 10.048 de 08 de novembro de 2000.

ATENÇÃO: o atendimento prioritário será realizado por ordem de chegada.

Tópicos:
Atendimento
2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard